terça-feira, 17 de julho de 2018



Conversão de 289 pessoas marca 3° ano dos Mochileiros Missionários

A terceira edição do Projeto Mochileiros Missionários, idealizado pela Assembleia de Deus em Mossoró, teve encerramento no sábado 14 de julho, apresentando como um de seus resultados a conversão de 289 pessoas. Moradores de comunidades rurais de Mossoró receberam a palavra de Deus através do trabalho voluntário de 15 equipes.

Além da conversão, o trabalho dos Mochileiros Missionários se constituiu num tempo de aprendizado, onde a atuação de cada jovem teve como marca a dedicação e o amor. Pela manhã, tarde e noite, moças e rapazes levaram as boas novas às áreas missionárias que têm como sede as localidades de Hipólito, Deserto, Lagoinha, Santana, Jurema, Vila Nova 3, Gangorra, Barrinha, Trapiá, Canto do Amaro e Maisa.

Os Mochileiros Missionários receberam a benção, na manhã da quarta-feira dia 11 de julho, no culto da restauração, no Templo Sede da Assembleia de Deus, localizado na Avenida Dix-neuf Rosado, no Centro de Mossoró. Depois, o grupo, composto por moças de rapazes das congregações locais, partiu para as áreas missionárias, na zona rural de Mossoró.

O trabalho dos Mochileiros também contou com o apoio de irmãos das congregações dos 25 Setores da AD mossoroense, que enviaram representações às localidades onde ocorreram cultos no período compreendido de 11 a 15 de julho.

Departamento de Missões do Setor XI
coopera com Mochileiros Missionários
na AD Vila Maisa





O Departamento de Missões da Assembleia de Deus em Mossoró no Setor XI, enviou, no sábado 14 de julho, representação à área supervisionada pelo pastor Antônio Eugênio na AD na Vila Maisa, distante 29 quilômetros da zona urbana de Mossoró. 

A equipe composta por 12 irmãos teve a coordenação dos auxiliares Frank Raniere Costa e Marcos Almeida, promotores de missão da AD no Setor XI, e foi apoiar o trabalho desenvolvido naquela área pelos Mochileiros Missionários. 

Os obreiros do Setor XI cooperaram no culto evangelístico realizado na congregação da Assembleia de Deus da localidade da Linha, situada a 17 quilômetros da sede assembleiana da Vila Maisa, e a 46 quilômetros de Mossoró.  


Coragem 


(Mateus 14.22-27)

E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão.

E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.

E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;
Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.

E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.

Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.

Podemos citar alguns exemplos, recentes, de situações que causam grande apreensão, em meio à realidade em que vivemos. A maioria dos brasileiros se preocupou com a gripe H1N1, cujo vírus, que pode levar à morte, contagiou pessoas em diferentes partes do país. 

No mês de maio, a greve dos caminhoneiros repercutiu em todo o país e levou as pessoas a temerem um desabastecimento geral.

Nesta vida, há muitas coisas para se temer, porém Jesus quer que olhemos para Ele e que não tenhamos medo. Suas palavras de encorajamento estão fundamentadas no seu poder ilimitado e no seu grandioso amor pessoal para com todos quantos realmente lhe pertencem. 

Frequentemente, nas Escrituras, Deus ou Jesus Cristo encoraja seu povo com as palavras alentadoras: “não temais”.










Sérgio Lopes - O Amigo



terça-feira, 12 de junho de 2018

Congregação Ebenezer

 Na quarta-feira 6 de junho de 2018, tivemos o prazer de participar de culto de Santa Ceia, na congregação da Assembleia de Deus Ebenezer, localizada na Rua Pedro Gomes de Oliveira, Bairro Belo Horizonte, em Mossoró.

Além da satisfação de estar com o dirigente da congregação, presbítero Manoel Segundo Neto, reencontramos irmãos e amigos como o coordenador de missões da AD no Setor II, Frank Costa, diácono Eli Gurgel e o pregador Severino Ribeiro Dantas.

A AD Ebenezer é uma espécie de oásis em meio a uma área marcada por problemas sociais. Naquele contexto, a igreja faz a diferença com a proclamação do evangelho e vidas são alcançadas para o reino de Deus. 

terça-feira, 29 de maio de 2018

Assembleianos lotam 
Arena das Dunas 
nas comemorações 
do Centenário no RN

Louvor, adoração, quebrantamento, pregação da palavra de Deus e vidas convertidas ao evangelho do Senhor Jesus Cristo marcaram as comemorações do Centenário da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Rio Grande do Norte, no sábado 26 de maio, na Arena das Dunas, em Natal, que tem capacidade para 31 mil pessoas sentadas. 

A AD no RN conta com mais de 220 mil membros, está presente nos 167 municípios do Estado, nos quais estão distribuídos 1.600 tempos, sendo 263 em Natal. 

A Assembleia de Deus potiguar é presidida pelo pastor Martim Alves da Silva. 

O pastor Francisco Cícero Miranda, presidente da AD em Mossoró região, coordenou a comissão organizadora do Centenário.

CD Voz 

Do irmão Marcone Santos recebemos o CD Voz do Coração. 

A produção é composta por 13 músicas. 

As composições são do cantor Cícero Nogueira, Itamar Monteiro, Elias Silva, Dario Cruz e Hélio Cassiano.

O hino 440 da Harpa Cristã (Faze o Teu Querer), de autoria de Paulo Leivas Macalão,  completa o CD Voz.